Uma forte chuva atinge o Estado de São Paulo neste domingo, 10, provocando transtornos tanto na capital quanto no interior. Na cidade de São Paulo, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, colocou todos os bairros em estado de atenção desde as 17h05, situação de alerta que se mantinha até as 18h50.

“Imagens de radar mostram chuvas que variam entre leve e moderada em toda a capital paulista. As instabilidades com deslocamento de oeste para leste, atuam de forma moderada principalmente nas zonas norte, leste e em parte da zona sul. Porém, na zona norte, nos bairros de Tremembé, Jaçanã e Tucuruvi, chove forte com potencial para queda de granizo”, informa nota do CGE.

Até as 18h50, entretanto, não havia registro nem de pontos de alagamento nem de queda de árvores com vítimas.

Interior

No interior, as tempestades foram mais violentas na região centro-oeste. Em Pirajuí, uma casa desabou e os escombros soterraram uma mulher grávida. Ela foi resgatada pelos bombeiros e, com ferimentos, foi levada para a Santa Casa da cidade. Até o final desta tarde não havia informações sobre o estado de saúde da vítima. Pelo menos 20 casas ficaram destelhadas.

O temporal, com ventos de até 60 km por hora, segundo o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), causou a queda de pelo menos 25 árvores em vários bairros de Bauru. A chuva forte transformou em rio a Avenida Nações Unidas, uma das principais da cidade. O trânsito chegou a ser interrompido temporariamente na rodovia Marechal Rondon em razão de alagamentos. Em Jaú, árvores derrubadas pelo vento atingiram veículos e interditaram ruas e estradas. O telhado de um galpão no Jardim Maria Luiza foi arrancado.