Os traficantes Márcio dos Santos Nepomuceno, o Marcinho VP, e Eduardo Luiz Paixão, o Duda, irão a júri popular amanhã. Os dois são acusados de terem esquartejado André Luis dos Santos Jorge, conhecido como Dequinha, e Rubem Ferreira de Andrade, o Rubinho. O julgamento tem início programado para o meio-dia e acontecerá no 1º Tribunal do Júri, na região central do Rio de Janeiro. Trata-se do segundo julgamento do caso. O primeiro tinha anulado pelo Superior Tribunal de Justiça.

O esquartejamento aconteceu na madrugada do dia 11 de outubro de 1996 e foi considerado objetivo de motivações torpe e cruel. Os dois mortos tinham ligação com o traficante conhecido como Leite Ninho, acusado de liderar quadrilha rival à de Marcinho VP e Duda. Outros três bandidos foram denunciados pela promotora pública Patrícia Mothe Glioche Beze: Severino Alves da Silva, o Rambo; Genilton Fernandes Mendonça, o Tirré; e Joel de Oliveira Carvalho, o Joel Bombeirinho. Nenhums deles estarão no julgamento pois encontram-se foragidos.