O transporte aéreo de passageiros no País registrou crescimento de 11,2% em junho, em relação ao mesmo período do ano passado, conforme dados divulgados nesta terça-feira (10) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A oferta de assentos, por sua vez, aumentou 18,4% no mesmo período. No mercado internacional, o fluxo de passageiros transportados teve queda de 9,9%, com recuo de 0,1% na oferta de assentos. De janeiro a junho, o fluxo de passageiros transportados no mercado interno acumula expansão de 13,2%. No mercado internacional, a baixa acumulada é de 30,3%.

A TAM segue na liderança do mercado doméstico, com 49,11% do fluxo de passageiros transportados por quilômetro, com crescimento de 15,2% em relação ao desempenho do mesmo período do ano passado. A Gol vem logo em seguida, com 39,83%, o que representou uma alta de 25,9% ante junho de 2006. A Varig, que respondia por 4,44% do mercado doméstico, em maio, representou 2 93% do setor. Juntas TAM e Gol já respondem por 88,94% do transporte doméstico de passageiros.

Considerando-se as operações de Gol e Varig, as duas companhias responderam por 42,76% do setor – a Gol anunciou a compra da Varig no dia 28 de março. Em maio, a distância era menor, já que Gol e Varig tinham, juntas, 44,98% ante 49,68% da TAM. Segundo a Anac, a taxa média de ocupação das aeronaves foi de 71%, no mercado doméstico.

A TAM já representa 69,63% do transporte internacional de passageiros feito por empresas aéreas nacionais. Em maio, a líder do mercado doméstico tinha 72,36%. A Gol respondeu por 12 23% desse segmento, praticamente empatada com a Varig (12,87%). Em maio, a Gol tinha 13,70% do mercado internacional e a Varig, 10,05%.