No primeiro semestre deste ano, segundo divulgou neta terça-feira (10) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o transporte aéreo de passageiros registrou crescimento de 13,6% – abaixo dos 21,5% verificados nos seis primeiros meses de 2006. Apesar disso, o transporte aéreo de passageiros registrou crescimento de 11,2% em junho, em relação ao mesmo mês do ano passado.

?O crescimento do mercado ficou um pouco abaixo do que vinha sendo registrado por conta das dificuldades na infra-estrutura do setor. O que é surpreendente é manter essa taxa de junho?, afirma o consultor especializado em aviação da Bain & Co., André Castellini. Na avaliação dele, o fluxo de passageiros transportados tem potencial para crescer 15% ao mês.

Para as empresas, o crescimento da demanda só continua em dois dígitos porque as tarifas seguem caindo. ?Também é preciso destacar o crescimento econômico do País e o maior volume de crédito?, diz um executivo do setor. Segundo ele, as classes D e E já são responsáveis por 13% do mercado doméstico. ?Isso era inimaginável há alguns anos. O avião deixou de ser item de luxo para ser um meio de transporte a mais.?

As informações são de O Estado de S. Paulo