Três manifestantes presos durante o protesto desta terça-feira, 15, no centro do Rio, foram libertados na tarde desta quinta-feira, 17. Eles estavam presos na Cadeia Pública Juíza Patrícia Acioli, em São Gonçalo, no Grande Rio. Renato Tomas de Aquino, Ciro Brito Oiticica e Gerd Augusto Castellões foram soltos no início da tarde.

Ao sair, Oiticica afirmou que os manifestantes estão divididos em grupos de seis, em celas separadas dos demais presos. “Não fomos agredidos fisicamente, mas sofremos ‘vitimizações'”, declarou Oiticica. Ele disse que foi detido apenas por estar sentado na escadaria da Câmara Municipal, na Cinelândia. A Secretaria de Administração Penitenciária não informa se outros manifestantes poderão ser soltos nesta quinta-feira.