O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) promove hoje, a partir das 10 horas, audiência pública de convocação para a realização de testes de segurança na urna eletrônica e nos softwares de votação das eleições gerais de 2010. Os testes serão realizados entre 10 e 13 de novembro.

Os participantes poderão atuar como hackers, o que significa que vão promover ataques nos sistemas para verificar se eles são falhos ou suscetíveis a violações e fraudes.

Além disso, também será uma oportunidade de as comunidades acadêmica e científica e o meio partidário conhecerem o sistema em profundidade. As inscrições vão até o dia 13 de outubro, no setor de protocolo do TSE. O Diário Oficial da União (DOU) publicará no dia 26 de outubro a relação dos investigadores selecionados.

Os testes públicos nos softwares, hardware e demais procedimentos relativos às próximas eleições representam uma possibilidade inédita de a própria sociedade verificar o funcionamento dos sistemas.

A audiência pública de hoje será realizada no auditório do edifício-sede do TSE, em Brasília, e terá a participação do ministro Ricardo Lewandowski na sua abertura.

O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal, Giuseppe Janino, irá explicar a representantes de partidos políticos, especialistas em informática e demais interessados como será o processo de realização dos primeiros testes públicos de segurança no sistema eletrônico de votação.

Os testes vão ocorrer no auditório do edifício-sede do TSE. Serão premiados os participantes que derem as melhores contribuições para o aperfeiçoamento desses serviços da Justiça Eleitoral. Os trabalhos serão coordenados pelo ministro Ricardo Lewandowski, relator do processo que introduziu essa novidade.