Brasília – Pacientes com tuberculose que estejam em tratamento poderão se inscrever no programa Bolsa-Alimentação. A iniciativa, estudada há quase um ano pelo Ministério da Saúde, deve ser colocada em prática em janeiro para tentar melhorar a adesão ao tratamento da doença, hoje considerada bem abaixo do ideal. Atualmente, 12% dos pacientes abandonam a terapia. O cadastramento será feito na própria unidade de tratamento. O ministério calcula que 50 mil pessoas possam receber o benefício.