A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, informou nesta sexta-feira (26) que o último fim de semana do ano deverá ser de chuva forte em 16 estados e no Distrito Federal.

Segundo a Sedec, sábado e domingo (27 e 28), áreas de instabilidade associadas à atuação do sistema meteorológico conhecido como Zona de Convergência do Atlântico Sul mantêm as condições de pancadas de chuva em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, no norte e nordeste de São Paulo e no centro-sul do Espírito Santo. Em alguns momentos, as pancadas de chuva podem ser de forte intensidade, acompanhadas de descargas elétricas e de rajadas de vento de 40 a 50 quilômetros horários, especialmente no centro-sul, oeste, leste, Zona da Mata e Triângulo Mineiro.

Sábado e domingo, áreas de instabilidade tropicais permanecem bastante ativas, mantendo as condições de pancadas de chuva no Amazonas, em Roraima, no Amapá, Pará, Acre e Tocantins, em Rondônia, no centro-sul do Piauí, oeste da Bahia, centro-sul e oeste do Maranhão. Nessas regiões, em alguns momentos, a chuva pode ser de forte intensidade e acompanhada de descargas elétricas.

Nos estados de Mato Grosso e Goiás e no Distrito Federal, áreas de instabilidade associadas à atuação do sistema meteorológico Zona de Convergência do Atlântico Sul mantêm as condições de pancadas de chuva no fim de semana. Nos dois estados e no Distrito Federal, as chuvas poderão ser de forte intensidade e acompanhadas de descargas elétricas e de rajadas de vento de 40 a 50 quilômetros horários.

Os alertas preventivos emitidos hoje basearam-se em informações do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.