Brasília – Os estudantes que tiverem carteiras emitidas pela União Nacional dos Estudantes e União Brasileira de Estudantes Secundaristas não precisam apresentar certificado de matrícula para pagar meia-entrada nos cinemas.

No fim de semana a Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (Feneec) iniciou campanha destinada a controlar com mais rigor a meia-entrada dos cinemas de todo o País.

Segundo o presidente da Feneec, Ricardo Difini, a idéia é evitar abusos e o excesso de emissão de carteiras de estudante. ?Queremos disciplinar a proliferação de carteiras falsas.? Desde sábado, os cinemas de uma das maiores redes do País exibem cartazes informando que só serão aceitas as carteiras de estudante dos ensinos fundamental, médio e superior, com vigência neste ano.

Os portadores de carteiras com validade vencida são obrigados a apresentar o certificado de matrícula ou o comprovante de pagamento da mensalidade, além da carteira de identidade emitida por órgão oficial.

O aviso da Feneec destaca que as carteiras de cursos de idiomas e cursos extras não dão direito à meia-entrada.