A comercialização do achocolatado Toddynho, em caixinhas de 200 ml, que estavam armazenadas na Central de Distribuição em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, foi suspensa hoje pela Coordenação de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

A notificação e a suspensão da comercialização ocorreram depois de relatos de sensação de queimadura na boca e esôfago entre crianças e adultos, que consumiram o produto, que é fabricado pela empresa Pepsico do Brasil Ltda.

Segundo a Vigilância Sanitária, quatro casos em Porto Alegre e outros em Canoas e São Leopoldo já foram notificados. Os estabelecimentos comerciais estão sendo vistoriados com o objetivo de verificar a existência do produto e solicitar a retirada dos que estiverem à venda.