Uma pessoa morreu e ao menos seis ficaram feridas após um vendaval atingir várias regiões de Santa Catarina na tarde de ontem. Cidades da Grande Florianópolis, do Vale do Itajaí e das regiões norte e oeste do Estado tiveram falta de energia, queda de árvores e casas destelhadas.

Em Barra Velha (a 143 km de Florianópolis), um adolescente de 17 anos morreu ao ser atingido por uma árvore enquanto visitava uma área de reflorestamento com a mãe, um primo e um tio que trabalha em uma empresa de embalagens de madeira. Segundo o Corpo de Bombeiros, Mairon Luiz de Oliveira morreu no local.

Em Balneário Camboriú (a 89 km da capital) seis pessoas ficaram feridas quando o vento forte arrancou uma estrutura de aço e lona montada na praia do Estaleiro para as festas de fim de ano.

De acordo com a Defesa Civil, elas foram atingidas pela estrutura e levadas ao hospital Ruth Cardoso, que já as liberou. Além dessa ocorrência, 12 casas e um colégio municipal foram destelhados, e uma árvore caiu na Via Gastronômica.

Em Chapecó (540 km de Florianópolis), o vendaval levou a biruta e parte da cobertura do aeroporto e destelhou casas de um conjunto habitacional, atingindo cerca de 80 pessoas.

Florianópolis registrou a queda de pelo menos duas árvores e de um outdoor, mas não houve feridos.

Os temporais de verão deixaram mais de 56 mil unidades sem energia elétrica na tarde de ontem, segundo nota da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina). As regiões mais atingidas foram Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, litoral norte e planalto sul.