Em resposta a críticas do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), o Ministério da Defesa divulgou nota à imprensa dizendo que o ministro Waldir Pires considera que, quando um parlamentar é "competente e responsável", sabe que um ministro de Estado, como qualquer servidor ou autoridade pública, deve sempre preocupar-se com o interesse público e o bem-estar dos cidadãos, "mas somente agir de acordo com as atribuições da lei".

Demóstenes, na sessão de ontem do Senado, voltou a afirmar que a atuação do Ministério da Defesa "é perfumaria" na busca de solução para a crise do setor aéreo. O ministro Waldir Pires sugere, na nota, que os críticos tenham o trabalho de ler a Lei Complementar número 97, de 1999, em especial o parágrafo único do artigo 18, onde estão definidas as atribuições relativas à aviação civil.