O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) encerrou o primeiro trimestre de 2004 com um total de operações aprovadas no valor de R$ 106,7 milhões no Estado do Paraná.

Para as cooperativas agrícolas foram aprovados R$ 86 milhões que beneficiarão direta e indiretamente 40.200 cooperados. Os recursos destinam-se a cobertura de investimentos diretos das co-operativas em armazenagem, instalações industriais, máquinas e equipamentos. As operações realizadas via convênio com as cooperativas também se destinam à cobertura de investimentos diretos no campo.

As contratações de empréstimos do BRDE obtiveram um acréscimo de 18,5% em relação ao mesmo período de 2003. Até agora foram efetuados 299 contratos, com a liberação de R$ 46 milhões contra os R$ 37,5 milhões aprovados no ano passado. Isto representa um crescimento de investimentos na economia paranaense, aquecendo e gerando novos postos de trabalho nos setores da agricultura, indústria e comércio.

O que é o BRDE

Criado em 1961 pelos governadores Ney Braga (PR), Colombo Sales (SC) e Leonel Brizola (RS), o BRDE é uma empresa pública dos três estados do Sul destinada a gerar investimentos na agricultura, comércio, indústria e serviços.

A diretoria do BRDE é formada por duas pessoas de cada estado e todas as aprovações de contratos passam pelos seis diretores. Em Curitiba a agência se situa na Rua Vicente Machado, 589 e possui um serviço de atendimento de 2.ª a 6.ª feira no horário comercial.