Uma desavença entre cabos eleitorais dos candidatos à prefeitura de Ivaiporã, a 400 quilômetros de Curitiba, no norte do Paraná, Pedro Wilson Papin (PSDB) e Célio Pereira (PMDB), terminou com a morte de Donizete Bernardo de Souza, de 59 anos, que trabalhava na campanha de Pereira.

O advogado de Papin, que luta pela reeleição, Alikan Zanotti, é acusado de ser o autor dos tiros, juntamente com uma outra pessoa ainda não identificada. Ambos estão foragidos.

De acordo com a polícia, Zanotti e Souza tinham feito uma aposta de R$ 4,5 mil sobre quem venceria as eleições. Mas, na madrugada de hoje (22), eles acabaram se desentendendo e brigaram dentro de um bar.

O proprietário mandou-os embora. Zanotti teria pegado um carro e, com mais um companheiro, partiu ao encontro de Souza. Quando o encontraram, por volta das 2h30 da madrugada, desceram do carro atirando. Souza foi atingido por sete tiros.