O engenheiro agrônomo Álvaro J. Cabrini Júnior foi reeleito para a presidência do Crea-PR (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Paraná), mandato 2009-2011. As eleições no Sistema Confea/Creas foram realizadas na quarta-feira, dia 4, em todo o País. O resultado do pleito no Paraná foi homologado no dia 5 de junho às 22h, pela Comissão Regional Eleitoral.

Os profissionais da área tecnológica também votaram para eleger o novo presidente do Confea (Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e diretoria da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-PR (Mútua).

Álvaro Cabrini, licenciado da presidência do Crea-PR desde março, obteve 3.650 votos – 75% dos votos válidos. O engenheiro civil Paulo Roberto Domingues que também disputou a presidência do Conselho atingiu 1.208 votos. De acordo com o Conselheiro do Crea-PR e coordenador da Comissão Eleitoral Regional, Wiliam Alves Barbosa, aumentou a participação dos profissionais nesta eleição ?Tivemos o maior número de votantes (5.019) em todos os processos eleitorais já realizados no Crea-PR?.

?O resultado desta eleição é o reconhecimento pelo trabalho de reestruturação do Conselho que vem sendo realizado há algum tempo?, declarou Álvaro Cabrini. Para ele, o apoio recebido de 75% dos profissionais que compareceram às urnas é muito representativo e?confirma nossa proposta de trabalho e liderança no processo de valorização profissional?. O novo mandato se inicia em janeiro de 2009, mas Cabrini anunciou que ?vai antecipar a execução do planejamento estratégico, cujo apoio foi manifestado democraticamente pelos profissionais nas urnas?.

No Paraná, a apuração dos votos para a presidência do Confea apontou 3.231 votos para Marcos Túlio de Melo e 1.370 para o candidato Reynaldo Rocha Barros. Para a diretoria geral da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-PR (Mútua) foi eleito José Joaquim Rodrigues Junior (3.103 votos). Outro candidato, Luiz Cláudio Mehl obteve 1.413 votos.

Todo o processo de votação e apuração foi realizado com apoio da infra-estrutura do Tribunal Regional Eleitoral, sem nenhuma ocorrência.