Brasília – As contas de caderneta de poupança tiveram em janeiro uma perda líquida de recursos de R$ 1,880 bilhão. O resultado divulgado hoje pelo Banco Central (BC) veio pior que o alcançado em dezembro do ano passado, quando as aplicações em poupança superaram os saques em R$ 4,348 bilhões. Em janeiro de 2005, o BC havia registrado uma perda líquida de recursos da poupança de R$ 560,876 milhões.

No mês passado, o total de depósitos em poupança ficou em R$ 61,336 bilhões e os saques somaram um valor equivalente a R$ 63,217 bilhões. Em contrapartida, o volume de rendimentos creditados nas contas de poupança ao longo do mês passado ficou em R$ 1,137 bilhão, valor superior aos R$ 1,074 bilhão creditados a títulos de rendimento em dezembro de 2005. Mesmo assim, o saldo total das aplicações em poupança recuou dos R$ 168,734 bilhões de dezembro do ano passado para R$ 167,991 bilhões ao final de janeiro último.