Está menor a intenção de investimentos da indústria da transformação, conforme
mostra pesquisa Sondagem Conjuntural da Indústria da Transformação – Quesitos
Especiais, feita pela FGV no último mês de abril. De acordo com a FGV, 60% das
empresas pesquisadas planejavam aumentar seus investimentos em máquinas e
equipamentos, mas este porcentual é inferior ao de 63% das empresas que tinham
essa intenção na pesquisa anterior (outubro de 2004).

A pesquisa mostrou
ainda que, entre outubro de 2004 e abril de 2005, houve um aumento de 9% para
11% na parcela das empresas que desejavam reduzir investimentos. Entre os
fatores que limitam o investimento, a carga tributária ocupou a primeira posição
entre as respostas, sendo mencionada por 46% das empresas analisadas – esse
porcentual deu um salto de sete pontos porcentuais em relação à pesquisa
passada, de outubro de 2004, quando esse fator também foi citado como a maior
limitação ao investimento. Em segundo lugar, foram citadas as "incertezas acerca
da demanda", mencionadas por 33% das empresas.

A FGV explica que a
Sondagem Conjuntural da Indústria da Transformação concluiu três quesitos
relacionados à realização de investimentos neste ano: sobre a intenção de se
investir em capital fixo; sobre o principal objetivo para a realização de
investimento; e sobre os fatores que estão limitando a realização de
investimentos. Para a primeira pergunta, os resultados foram consolidados a
partir das respostas de 685 empresas que responderam ao mesmo quesito em outubro
do ano passado e em outubro de 2003. Nos outros casos, foram compiladas as
respostas das 1.093 empresas que responderam à sondagem de abril de 2005.