Um requerimento pedindo a retirada da pauta impediu a votação do projeto de lei que regulamenta o uso sustentável e a conservação da Mata Atlântica, na Câmara dos Deputados. O adiamento frustrou a expectativa dos ambientalistas  que, após 10 anos, esperavam a aprovação do projeto antes do início do ?recesso branco?, em vigor a partir de amanhã(20) por causa da campanha eleitoral. O requerimento partiu dos deputados Abelardo Lupion (PFL-PR) e Hugo Biehl(PPB-SC).

?Houve um grande retrocesso, pois até a área econômica do governo federal pediu para rever o projeto, por conta dos incentivos que prevê para quem preservar a Mata Atlântica?, disse Betsey Neal, assessora da Rede de ONGs da Mata Atlântica, que reúne mais de 200 entidades ligadas à proteção desse bioma.