A Câmara dos Deputados deverá votar até a próxima quarta-feira o projeto de lei do governo que prorroga a validade da alíquota máxima de 27,5% do Imposto de Renda da pessoa física. O projeto também corrigiria a tabela do IR, apesar de não haver acordo sobre os detalhes da correção. Ontem o plenário aprovou um requerimento de urgência para a votação da matéria, encaminhado pela base governista. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)