A Câmara dos Lordes, a mais alta instância judicial britânica, poderá analisar o caso do brasileiro Jean Charles de Menezes para considerar se os policiais envolvidos em sua morte, em 2005 devem ser individualmente responsabilizados. Dois juízes que analisaram o recurso da família do brasileiro concluíram que o caso é de importância pública.