A Câmara Municipal de Curitiba começa nesta semana a discutir as emendas propostas pelos 35 vereadores e pelo prefeito Cássio Taniguchi ao orçamento do próximo ano, previsto em R$ 2,2 bilhões. No total serão analisadas 1700 emendas.

Segundo a Prefeitura não há como atender a todas as emendas, por isso foram priorizados investimentos na área social.  A Câmara tem até o dia 15 de dezembro para votar e aprovar o orçamento 2004. No ano passado foram apresentadas 720 emendas à lei orçamentária. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)