A Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos (15 a 25 de agosto), que é a maior com rodeio no país, surpreende mais uma vez. Uma das grandes atrações, o rodeio internacional em touros, está oferecendo a maior premiação da história desse esporte no Brasil ? o prêmio Wrangler de R$ 100 mil.

Segundo o diretor de rodeios da Festa, Marcos Abud Wonhrath, a idéia de oferecer uma premiação que valoriza ainda mais a competição surgiu logo após a posse da atual diretoria, no ano passado. “Apresentamos o projeto para a Wrangler que depois de uma análise nos deu a resposta positiva”.

O anúncio oficial da premiação de R$ 100 mil para o campeão em touro está mobilizando os competidores da modalidade. “Se ganhar em Barretos é o sonho dourado de todo peão, imagine quando além do título está em jogo também a maior premiação da história do rodeio brasileiro”. Isso será sentido principalmente no Rodeio Qualifying ? seletiva que classificará os dez peões mais pontuados para o Rodeio Internacional e o principal acesso para quem quer competir em Barretos. “Até o momento registramos cerca de 350 inscrições, mas a expectativa é que esse número cresça e ultrapasse a marca de 500 inscrições”, calcula Abud.

Além da participação efetiva da Wrangler na Festa do Peão de Barretos, Abud confirmou também a presença dos quatro melhores peões americanos, competidores da Professional Bull Riders (PBR), no 10º Barretos International Rodeo que foram convidados pelo bi-campeão mundial Adriano Moraes.