A final da Taça Guanabara será disputada, de forma inédita, por dois clubes de menor investimento do interior do Estado do Rio de Janeiro. A exemplo do trio Flamengo, Fluminense e Vasco, o Botafogo está eliminado do primeiro turno do Campeonato Carioca, ao perder hoje para o Americano, por 2 a 1, em pleno Maracanã lotado.

O Americano, clube de coração de Eduardo Vianna, presidente afastado da Federação do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) sob acusação de evasão de renda e outros crimes, mantém o sonho de igualar o feito de 2002, quando se sagrou campeão da Taça Guanabara.

"O grupo honrou a camisa do Americano. Deus ajuda quem trabalha. Agora vou comer filé mignon. Não respeitaram a gente" desabafou o zagueiro Ciro, referindo-se à provocação do volante Túlio durante a semana – ele tinha expressado sua vontade de se vingar do adversário, que nas últimas duas edições do Carioca "roubara" a vaga do time de General Severiano nas fases decisivas.

Do lado do Botafogo, Alex Alves estava desolado. Nem o gol marcado hoje, que lhe valeu a artilharia do Carioca com 5 gols, ao lado de Sorato, serviu como consolo."Faltou o time chegar um pouco mais no ataque e também ter calma na hora das finalizações".