O Carnaval, a maior festa popular brasileira, levou mais de 1,2 milhão de pessoas para os municípios do litoral paranaense, superando as expectativas até mesmo dos mais otimistas. ?Os hotéis e pousadas estiveram lotados nos quatro dias do feriado?, comemorou José Carlos Chicarelli, presidente do Sindilitoral ? Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Litoral Paranaense.

Segundo ele, nunca se viu tanta gente circulando pelos municípios de Guaraqueçaba, Paranaguá, Morretes, Antonina, Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba. A direção da Ecovia, empresa concessionária do pedágio na BR-277, entre Curitiba e o litoral, estima que mais de 1 milhão de veículos passaram por sua praça de pedágio desde o início da temporada, deixando uma arrecadação de mais de R$ 10,6 milhões.

Para José Carlos Chicarelli, o sucesso do Carnaval no litoral paranaense deve-se a ?formula de distribuição dos foliões, que tornou a festa forte em várias cidades, em especial em Antonina e Paranaguá. Antonina conseguiu multiplicar por quatro a sua população nos dias de Carnaval, consolidando de vez a sua importância e destaque no cenário carnavalesco do Estado. Há de se destacar ainda a formula encontrada por Matinhos, que através da ?Matinbanda? procurou ?esquentar? os dias que antecederam ao Carnaval. A Caiobanda e a Pontalbanda repetiram o sucesso de anos anteriores?, disse.

O presidente do Sindilitoral fez questão de elogiar o Governo do Estado pelo trabalho de divulgação do litoral paranaense, transmitindo ao Brasil e outros países da América do Sul as atrações e a excelência da segurança pública, o que certamente atraiu milhares de turistas. ?E, com isso, conseguimos fechar a temporada superando todas as expectativas. Poderia ter sido melhor, não fossem os problemas de balneabilidade em algumas praias. Mas, com os investimentos que o Governo do Estado está fazendo para a ampliação da rede coletora de esgoto em vários municípios do litoral, a próxima temporada será ainda melhor?, concluiu.

Tráfego intenso

Cerca de 27 mil veículos passaram nesta quarta-feira (1) pela praça de pedágio da Ecovia na Br-277, no último dia da Operação Carnaval. Pela manhã, o fluxo, apesar de intenso, foi normal, sem qualquer congestionamento. Isso só foi possível devido a inversão de tráfego da PR 407, que liga os balneários de Pontal do Paraná e de Praia de Leste a BR-277.

Desde sexta-feira (24/2) até o meio dia desta quarta-feira (1) foram registrados no trecho administrado pela concessionária 68 acidentes, com 58 feridos e nenhum óbito. No ano passado, foram 58 acidentes, 48 feridos e uma morte.