Londrina – Assaltos a sacoleiros que se dirigem ou voltam do Paraguai são rotineiros nas estradas do Paraná, mas desta vez os ladrões protagonizaram uma cena que faz lembrar as ações da máfia, bastante exploradas pelo cinema: acertaram 46 tiros de metralhadoras e pistola num veículo quando o motorista se recusou a atender a "ordem" para parar. O crime ocorreu às 0h30 de hoje (5) na PR 317, próximo à cidade de Colorado, Noroeste do Estado.

O motorista, Ailton Nunes da Silva, levou um tiro no pulmão e está internado, sem risco de morte, no Hospital Universitário de Maringá. Sueli de Almeida foi ferida superficialmente e liberada após ser atendida no Hospital Municipal de Colorado. Os outros três passageiros escaparam ilesos.

O utilitário Mercedes-Benz, placas DJI 7064, procedente de São José do Rio Preto, São Paulo, seguia para Ciudad del Leste, no Paraguai. Uma das ocupantes do veículo, Shirlei Aparecida Arcanjo Pereira, contou que eram três assaltantes, dois com metralhadoras e um com uma pistola. "Tivemos que nos jogar no chão do veículo para escapar dos tiros, enquanto o motorista tentava acelerar o carro", disse. Mas a tentativa de fuga não deu certo porque, ferido, o motorista parou o veículo. Os ladrões levaram R$ 15 mil.