O ?Paraná em Ação?, programa do Governo do Estado coordenado pela Secretaria Especial de Relações com a Comunidade, está levando cidadania à população de baixa renda de Curitiba e Região Metropolitana através da emissão de documentos como Carteira de Trabalho, RG e CPF.

Instalada em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba, a feira de serviços gratuitos, como também é conhecida, já prestou cerca de 76 mil atendimentos nos dois primeiros dias.

A chefe do setor de Identificação e Registro Profissional do Ministério do Trabalho e Emprego, Regina Canto, conta que o órgão, além de oferecer a emissão da Carteira de Trabalho, orienta os trabalhadores sobre os seus direitos. ?A procura por estes serviços aqui no ?Paraná em Ação? está aumentando a cada dia. Este mutirão é muito importante. Estamos alcançando aquelas pessoas que geralmente não têm acesso a alguns benefícios e serviços?, contou ela.

A cozinheira Marizete Krochinski foi uma das beneficiadas por este serviço. Ela levou o seu neto para fazer as Carteiras de Trabalho e Identidade e CPF. ?Esta feira está ótima, uma maravilha, nem todos têm condições de pagar para fazer estes documentos?, exclamou.

A estudante Renata Pereira dos Santos, preocupada com o seu futuro, também quis tirar a Carteira de Trabalho. ?Talvez eu comece a trabalhar no ano que vem, então estou aproveitando esta oportunidade. O bom desta feira é que tem muitos serviços juntos, num só local?, disse.

Para quem pretende fazer a Carteira de Trabalho no ?Paraná em Ação?, é necessário levar certidão original de nascimento ou RG, uma foto 3×4 recente com fundo branco e comprovante de residência original. Para os casados, além destes documentos, é preciso levar a certidão de casamento original.

Identidade

O estande do Instituto de Identificação do Paraná é outro serviço bastante procurado pela população que visita a feira de serviços gratuitos. Mauricio Jorge Lopes, da Subdivisão Técnica da Capital, explica que o objetivo é ajudar a inserção do jovem no mercado de trabalho população.

?A Carteira de Identidade está sendo feita gratuitamente e temos o seguinte padrão: somente a primeira via da Identidade para maiores de 14 anos?, explicou. Lopes conta que este critério foi adotado para beneficiar as pessoas que buscam pelo primeiro emprego, ou seja, aquelas que realmente necessitam do documento para entrar no mercado de trabalho.

?A procura está bastante grande. Estamos fazendo uma média diária de 350 carteiras de identidade. Nós sabemos que tem muita gente que necessita e não tem condições de poder tirar estes documentos, por isso é importante este mutirão. Se a pessoa fosse ao Instituto de Identificação para fazer este mesmo documento, ela pagaria R$ 9,75 e aqui, ela não paga nada?, afirmou.

E foi pensando no primeiro emprego que Jaquicelino Urbanowicz, estudante de 14 anos, resolveu tirar sua Identidade. ?Agora que a gente cresce é preciso andar com todos os documentos e o melhor é que não pago nada por isso. É muito bom o que o Governo está fazendo pelas pessoas?, falou. Para tirar a Carteira de Identidade no ?Paraná em Ação? é necessário levar a certidão de nascimento original. A foto para o documento também está sendo tirada de graça no local.

CPF

Para quem nunca teve CPF, o Banco do Brasil está com um estande na feira oferecendo a confecção do documento. É necessário que a pessoa leve um comprovante de residência, Carteira de Identidade e, se for menor de idade, a certidão de nascimento original. Maiores de 18 anos precisam levar também o Título de Eleitor.

O gerente do Banco do Brasil Luiz Antonio Digiovani contou que a procura por este benefício é bastante grande, pois as pessoas estão tendo a oportunidade de obter um documento sem custo algum. ?Geralmente é cobrado uma tarifa de R$ 4,50 por CPF emitido?, disse.

?O nosso objetivo é oferecer a oportunidade para que a sociedade tenha acesso a documentos e serviços que normalmente não teria?, contou ele. O Banco do Brasil também está oferecendo os serviços do Banco Popular do Brasil, projeto do Governo Federal que viabiliza a abertura de uma conta corrente para pessoas de baixa renda.

Serviços

A estudante Joice Keren Fortes de Freitas, 12, foi uma das pessoas a tirar o CPF. ?Eu acho legal porque não precisa gastar dinheiro. Eu acho bons esses serviços gratuitos, pois sobra mais dinheiro pra gente?, falou.

Outra pessoa que saiu feliz da feira foi o metalúrgico Fausto Moreira. Ele levou a sua filha de quatro meses e meio para tirar o CPF, pois quer abrir uma poupança para a menina. ?Quero guardar dinheiro para a minha menina para que ela possa utilizar quando entrar na faculdade?, falou o pai.

O ?Paraná em Ação? segue até quarta-feira (07), em frente ao Palácio Iguaçu, das 9h às 17h. Além da emissão de documentos, uma série de serviços gratuitos está sendo oferecida, como inscrição em programas sociais, assistência jurídica, corte de cabelo, oficinas, acesso à internet e muito mais. Mais informações sobre o programa pelo telefone 0800-6455252.