O prefeito Cassio Taniguchi empossou nesta sexta-feira (08) os membros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Instituído em lei aprovada pela Câmara dos Vereadores, o conselho dá condições práticas para a implantação em Curitiba do programa Fome Zero, do governo federal.

Com 20 integrantes, o Conselho tem uma composição mista, com dois terços de participação de representantes do setor não governamental e um terço da área governamental. O presidente, eleito pelos próprios membros, será Vilson Benedito, que representa o Sindicato dos Professores no Estado do Paraná. A presidente da Fundação de Ação Social, Marina Tanigcuhi, será a secretária.

A criação do Conselho foi acompanhada da instituição do Fundo Municipal de Segurança Alimentar, que irá recolher doações ao Fome Zero numa única conta, para financiar ações do programa em Curitiba.

O conselho terá poderes para fiscalizar a destinação de alimentos e recursos às famílias carentes de Curitiba. Entre seus integrantes estão representantes de sindicatos, associações de moradores, conselhos municipais de saúde, instituições que trabalham com crianças e adolescentes, Câmara Municipal, Ministério Publico e secretários municipais.