São Paulo – As centrais sindicais divulgaram há pouco nota repudiando os "atos de selvageria a violência" que vêm ocorrendo desde sábado no Estado de São Paulo. Classificam as ações como "inadmissíveis numa sociedade democrática" e cobram firmeza por parte das autoridades.

O documento destaca a problemática social que precede os últimos acontecimentos, "que tanto tem penalizado camadas da população com desemprego, falta de investimento em educação e moradia e falta perspectiva para a juventude".

Assinam o comunicado a Força Sindical, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT), a Social de Democracia Sindical (SDS), a Central de Apoio ao Trabalhador (CAT) e a Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB).