Foto por: Guido Bergmann

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, afirmou que a chanceler alemã Angela Merkel pediu desculpas quatro vezes no domingo, em cada um dos gols que sua seleção marcou sobre a Inglaterra (4-1), na partida das oitavas de final da Copa do Mundo. O primeiro-ministro britânico destacou: “Não fomos roubados, e sim derrotados. Mas para fazer justiça com a chanceler Merkel, cada vez que (os alemães) marcavam ela se desculpava”. Cameron fez este comentário nesta segunda-feira, ao informar a Câmara de Deputados sobre os resultados da reunião do G20, realizada no Canadá. Para o britânico, “foi um suplício extremo ver a Inglaterra perder por 4 a 1 para a Alemanha, enquanto estava em companhia de minha grande amiga, a chanceler Merkel, e da delegação alemã presente na Cúpula”. Os dois líderes deixaram por um tempo a reunião do G20, no domingo em Toronto, para assistirem juntos à partida das oitavas de final que terminou com uma goleada da seleção alemã sobre a inglesa.