Depois do jogo contra o Sergipe, o técnico Vanderlei Luxemburgo, do Santos, respondeu ao jogador Edmundo, do Palmeiras, que está cobrando um cheque dado pelo treinador anos atrás. Depois de explicar que o atleta está querendo receber uma coisa que já foi paga, o técnico foi duro e revelou que tinha uma admiração pelo atacante, mas que isso mudou.

"Achava que os incidentes que ele teve na vida, inclusive o assassinato, eram coisas normais do cidadão brasileiro que pode ter algum tipo de problema. Depois, com as atitudes que ele teve comigo, não tenho mais respeito algum por esse cidadão, que não merece o respeito de ninguém", afirmou Luxemburgo.

Revelando que estava chateado com a atitude de Edmundo, Vanderlei Luxemburgo comentou que "pessoas que não têm caráter, responsabilidade e dignidade tentam fazer coisa que não é direito. Estou muito chateado com o cidadão".

Para o treinador, o atleta tenta "receber depois de tantos anos uma coisa que já recebeu, com o mesmo cheque. Mais uma vez ele tentou macular minha imagem e só posso dizer que não devo nada ao Edmundo e se ele acha que devo, que vá procurar seus direitos".