As chuvas que caíram na sexta-feira e sábado nos 38 municípios que sediam entrepostos da Cocamar, no Norte e Noroeste do Estado, interromperam um período de estiagem, aliviaram os produtores de milho de inverno, mas não descartaram a possibilidade de quebras.

De acordo com técnicos da cooperativa, o problema com o milho é o mesmo que prejudicou o desenvolvimento da soja em várias regiões nestes primeiros meses de 2004: a má-distribuição das chuvas, com volumes razoáveis em algumas áreas e quase nada em outras.

Na sexta-feira e sábado, as precipitações atingiram, em média, 28 e 19 milímetros em 38 localidades. No total desse ano, foram 444 milímetros.

As possíveis quebras ainda não podem ser avaliadas, o que só acontecerá quando do final do ciclo da cultura. A colheita inicia, em alguns lugares, no final do mês que vem.