O Citigroup elevou seu alvo para o índice Bovespa para 54 mil pontos ao final do ano, citando a melhoria dos fundamentos. "As perspectivas de crescimento macroeconômico estão em alta, com o risco de surpresas positivas dos lucros ao longo do ano; isso garante uma modesta revisão de ratings do mercado", disse o Citi.

A instituição mantém sua posição "overweight" (acima da média) para as ações brasileiras, preferindo os papéis de empresas focadas no mercado doméstico, como as de serviços financeiros, bens de consumo básico, companhias aéreas, telecomunicações, equipamentos e energia.

O Citi também destacou que, dentro do Índice Morgan Stanley Capital International (MSCI), o Brasil acumula valorização de 14 4% este ano, em comparação com o ganho de 12,9% da região em 2007 até agora.

Às 12h47 (de Brasília), o Ibovespa operava em alta de 0,08%, a 49.267 pontos. As informações são da Dow Jones.