Com a democratização do computador e do uso da internet, não é mais preciso ir à uma biblioteca ou livraria para ler um livro de William Shakespeare, Miguel de Cervantes ou Machado de Assis. Obras completas estão disponíveis em sites especializados ou não em literatura, páginas e mesmo portais de provedores. O assunto foi tema de palestra proferida hoje, na reitoria da UFPR, em Curitiba, pelo professor de teoria literária Rogério da Silva Lima, da Universidade de Brasília.

A disponibilização de grandes obras pela internet teve início no fim dos anos 90 e, nos últimos três anos, vem aumentando cada vez mais. Segundo Rogério, o meio virtual está contribuindo com a difusão de determinadas obras, muitas vezes consideradas raras por já estarem esgotadas nas livrarias e estarem presentes em pouquíssimas bibliotecas. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)