Carlos Sperotto, vice-presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), promete buscar apoio de parlamentares para derrubar um dos vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao dispositivo da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A LDO previa que, em 2006, o governo federal iria renegociar todas as dívidas do setor agrícola.

"O veto foi uma demonstração de que não existe qualquer compromisso do governo com a produção", ressalta. "É algo que nos deixa indignado, porque este item foi objeto de negociação e ampla discussão. Este ato deve ser apreciado pelo Congresso Nacional no sentido de se derrubar o veto."

A LDO foi votada pelo Congresso em agosto. Naquela época, o relator da LDO, deputado Gilmar Machado (PT-MG) incluiu alguns itens na norma que previam subsídios para o seguro rural e comercialização da safra. As medidas também foram vetadas por Lula.

De acordo com Sperotto, a confederação definirá, na próxima semana, as medidas que serão adotadas para minimizar os efeitos dos vetos.