O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Geraldo Majella Agnelo, disse hoje em Itaici, no município de Indaiatuba (SP), que o novo valor do salário mínimo mantém inalterada a situação de dificuldades da população brasileira. “O povo permanece do mesmo modo, com fome, sem emprego e com a remuneração que não lhe dá a possibilidade de um crescimento. Enquanto isso, há essa preocupação tão grande de não deixar os credores perderem seus ganhos, mas e o nosso povo, onde fica?”, afirmou o bispo.

Dom Geraldo Majella fez o comentário ao ser questionado sobre o novo salário mínimo, durante entrevista em Itaici, onde os bispos discutem ações de combate à violência e à miséria no país.