O presidente Luiz Inácio Lula da Silva receberá às 11h30, no Palácio do Planalto, o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto e presidentes das Confederações Empresariais, que lhe entregarão uma proposta de agenda mínima para blindar a economia contra a crise política. Entre as propostas, um choque de gestão e corte de gastos públicos, como a redução de cargos de livre nomeação e a redução do déficit da Previdência. Lula está reunido neste momento com ministros que integram a Junta Orçamentária, na Granja do Torto. Às 15h30, Lula receberá o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

A agenda inclui ainda audiência ao presidente do Parlamento Europeu, Josep Borrel Fontelles, e audiências aos ministros da Educação, Fernando Haddad, das Relações Internacionais, Jaques Wagner, e da Justiça, Márcio Thomaz Bastos.