A tríplice fronteira, área onde se encontram os territórios de Brasil, Argentina e Paraguai, serviu de base a uma cúpula de terroristas islâmicos, entre eles membros do Hezbollah e simpatizantes da Al-Qaeda, diz a rede de TV CNN. A reunião, que teria ocorrido nos arredores da cidade paraguaia de Ciudad del Este, teria servido para o planejamento de ações contra alvos americanos e israelenses no Ocidente.