O cantor e compositor Paulinho da Viola, de 61 anos, foi internado, na madrugada de hoje, na Unidade Cardio-Intensiva do Hospital Copa D´ Or, em Copacabana, na zona sul do Rio. Segundo boletim médico, ele apresenta uma fibrilação atrial, ou seja, uma arritmia cardíaca que se reverteu espontaneamente. O quadro clínico é estável e não há risco de morte.

Paulinho da Viola deu entrada no hospital às 3h20 depois de sentir fortes dores no peito quando estava em casa. De acordo com o médico Moacir Pank, o cantor está recebendo medicação venosa e apresenta-se lúcido, conversando com familiares. As visitas, porém, estão restritas. Não há previsão de alta.

Nascido no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio, Paulinho da Viola vai completar 62 anos na sexta-feira. Ele é um dos maiores representantes do samba e herdeiro do legado de músicos como Cartola, Candeia e Nelson Cavaquinho. É autor clássicos como “Foi um rio que passou em minha vida”, sucesso da Portela,”Sinal Fechado”, “Bebadosamba”, entre tantos outros.