Começou há pouco, na Câmara, a primeira reunião do colégio de líderes, comandada pelo presidente interino da Câmara, José Thomaz Nonô (PFL-AL). A reunião será para decidir a data e as regras para a eleição do presidente da Câmara, em substituição a Severino Cavalcanti, que renunciou ontem ao seu mandato. Pelas regras, a Câmara tem de realizar a eleição dentro de cinco sessões.

Oficialmente os partidos já lançaram seus candidatos: PT Arlindo Chinaglia (SP); PP, Francisco Dornelles (RJ); PFL, José Thomaz Nonô (AL), que já tem o apoio do PPS e do PSDB, apesar de os tucanos terem colocado na disputa o deputado Jutahy Júnior (BA); PTB, Luiz Antonio Fleury Filho(SP) e PMDB, Michel Temer. Apesar de os nomes já terem sido lançados, existe a disposição dos partidos em negociar um nome de consenso.