Começou há pouco a reunião dos líderes, no Senado, Arthur Virgílio (PSDB-AM) e José Agripino (PFL), com o presidente da CPI dos Bingos, senador Efraim Morais (PFL-PB) para tratar da votação do requerimento de convocação do ministro da Fazenda, Antonio Palocci. O PSDB está inclinado a adiar a votação do requerimento, prevista para hoje, mas Efraim Morais insiste em manter o compromisso de votá-lo.

Os tucanos estão mais cautelosos e pretendem aguardar o resultado dos debates que o ministro terá hoje na Câmara. Palocci comparece agora de manhã à Comissão de Finanças e Tributação e, à tarde, na comissão especial que trata da criação do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e os deputados oposicionistas pretendem interrogá-lo sobre denúncias de corrupção durante seu segundo mandato na Prefeitura de Ribeirão Preto.