A partir desta segunda-feira (15) serão abertas as inscrições para a 1ª Corrida de Revezamento do Circuito das Nascentes do Iguaçu. Marcada para o dia 17 de setembro, a corrida de 80 quilômetros vai passar por seis municípios da Região Metropolitana – Piraquara, Quatro Barras, Colombo, Almirante Tamandaré, Campo Largo e Curitiba.

"É a estréia de um novo roteiro para eventos de esporte, lazer e turismo, que abre perspectivas econômicas para todas as cidades envolvidas", explica o secretário municipal de Assuntos Metropolitanos, Rui Hara.

As inscrições devem ser feitas na Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (R. Des. Westphalen, 1566). As equipes têm prazo até o dia 13 de setembro para garantir uma vaga na corrida.

A previsão é que a prova atraia cerca de 1.100 participantes. Cada equipe de revezamento deverá ter no mínimo dois e no máximo oito atletas e até dois carros de apoio. No total, aproximadamente 5 mil pessoas devem acompanhar a corrida em todas as suas etapas. "O evento será uma vitrine para a região. Os municípios vão aproveitar a passagem dos atletas e seus acompanhantes para expor atrações turísticas e culturais", acrescenta Hara.

Feiras, estandes, apresentações artísticas, exposições de artesanato e distribuição de folheteria estarão concentrados nos 10 pontos de transição do percurso, onde se dará o revezamento.

A largada será às 7h30, em Piraquara. A chegada será em Curitiba, no Parque São Cristóvão, em Santa Felicidade. A prova terá duração máxima de 8 horas, sendo que os primeiros atletas deverão concluir a corrida por volta das 13 horas.

Paisagem

A maior atração do Circuito das Nascentes é o cenário. O percurso alterna vias pavimentadas com asfalto, outras com paralelepípedos e trechos de saibro. Os rios Iraí, Palmital, Barigui, Passaúna, Belém e Atuba, afluentes do rio Iguaçu, estarão no trajeto percorrido pelos atletas. "As equipes vão passar por sítios, fazendas, plantações de eucalipto, áreas urbanas, região de produção de calcário e de hortifrutigranjeiros", destaca o coordenador do Circuito das Nascentes, Adalberto Medeiros.

Para o diretor do Departamento de Cultura e Esporte de Quatro Barras, Gilmar Franco, o turismo da região vai ser bastante beneficiado com a iniciativa. "Nosso município fica ao pé da Serra do Mar e ao lado da Represa do Iraí. Temos muitas atrações para mostrar, como o Morro do Anhangava, um dos melhores locais para a prática de montanhismo, o Caminho do Itupava e a Estrada da Graciosa", diz Franco.

Todos os municípios têm idéias de como aproveitar melhor o lançamento do Circuito das Nascentes. Colombo, por exemplo, prepara um pórtico e planeja apresentações folclóricas durante a passagem dos corredores e suas equipes pela cidade. "Também vamos aproveitar para divulgar o Circuito Italiano de Turismo Rural, com 52 empreendimentos, entre restaurantes, vinícolas, agricultura orgânica e pousadas", conta o secretário municipal da Comunicação, Mauro Rockenbach.

O diretor de Turismo de Campo Magro, Marcelo Gomes Ferreira, ressalta que esta é uma boa oportunidade para fortalecer o turismo na região metropolitana, onde já existe infra-estrutura e oferta de turismo de aventura e rural. Ferreira cita, por exemplo, o Morro da Palha, em Campo Magro, onde a prática do vôo livre e trilhas de moto e jeep atraem cerca de 1.500 pessoas nos finais de semana. "Praticamente a totalidade do nosso município é ocupada por área de proteção ambiental, por isso não podemos ter indústrias. O turismo, então, é a alternativa econômica mais viável", diz Ferreira.