Rio ? Durante a abertura do Fórum Regional do Conselho Mundial da Energia (WEC, silga em inglês), no Rio de Janeiro, amanhã (2), os pesquisadores brasileiros vão divulgar um relatório em que mapeiam as perspectivas do setor no país até 2030.

As projeções foram feitas pelo Comitê Brasileiro do WEC, entidade global que reúne produtores, consumidores e pesquisadores de todas as formas de energia com o objetivo de analisar e recomendar uso e abastecimento sustentável para a população.

O Conselho Mundial da Energia foi criado em 1924, com 1.700 membros de 40 países. O Comitê Brasileiro se associou em 1928 à entidade. O conselho se reúne a partir de amanhã (2) pela primeira vez no Brasil para discutir as perspectivas do setor até o ano 2050.

O debate constitui um fórum regional do conselho que vai concluir as análises durante o 20º Congresso Mundial da Energia, que acontecerá em Roma, na Itália, em 2007. O encontro é realizado a cada três anos e deverá reunir cerca de cinco mil especialistas internacionais.

Segundo o assistente da diretoria executiva do Comitê Brasileiro da entidade, Antonio Carlos Salmito, cerca de 30 especialistas participarão de reunião programada para sábado (4), no Rio de Janeiro, que busca articular o trabalho no Brasil ao trabalho mundial do WEC.