O Congresso Nacional instalou nesta manhã a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Sanguessugas, que terá prazo de 60 dias para investigar fraudes na compra de ambulâncias superfaturadas por prefeituras. Dezenas de parlamentares são acusados de participar do esquema, utilizando indevidamente emendas ao Orçamento. A chamada máfia das ambulâncias foi descoberta pela Operação Sanguessuga, da Polícia Federal.

O deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ) foi confirmado como presidente da comissão. O relator é o senador Amir Lando (PMDB-RO). O vice-presidente será escolhido na próxima reunião, marcada para quarta-feira (28). Diversos integrantes da comissão indicaram o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) para o cargo