O presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PTB-SP), marcou para quinta-feira (9) a leitura, discussão e votação dos pareceres sobre os processos contra os deputados João Magno (PT-MG) e Pedro Henry (PP-MT). Os dois parlamentares respondem a processos no conselho por envolvimento no chamado esquema do "mensalão".

Na primeira reunião, marcada as 9h30m, será apreciado o parecer do relator do processo contra João Magno, deputado Jairo Carneiro (PFL-BA). Na segunda reunião, às 11 horas, o conselho apreciará o parecer do deputado Orlando Fantazzini (PSOL-SP), relator do processo contra Pedro Henry.

Se houver pedido de vista dos pareceres, a votação será adiada para a próxima semana. A deputada Angela Guadagnin (PT-SP) informou que vai pedir vista do parecer do processo contra o petista João magno.

Amanhã (8), às 10horas, o Conselho de Ética reúne-se para tomar o depoimento de três testemunhas do processo contra o deputado Vadão Gomes (PP-SP).

Os deputados João Magno, Pedro Henry e Vadão Gomes são acusados de envolvimento no chamado "mensalão", suposto esquema de pagamento de mesada a parlamentares em troca de apoio político.