O Conselho Estadual de Saúde elegeu os representantes do Paraná na Plenária Nacional de Saúde, no Centro de Convenções de Curitiba, na 1a Plenária Estadual Extraordinária. O evento reuniu todos os conselhos municipais de saúde do Estado e definiu a composição da Plenária Estadual. Aproximadamente 400 delegados e observadores de todo o Estado estiveram representando os segmentos do Sistema Único de Saúde (SUS): gestores, prestadores de serviços de saúde, entidades de usuários do SUS e entidades de trabalhadores de saúde. A plenária contou com a presença de senadores, de deputados federais e estaduais e secretários municipais da saúde.

O diretor de Sistemas de Saúde, Gilberto Martin, que representou o governador Roberto Requião e o secretário da Saúde, Cláudio Xavier, declarou que estava satisfeito com a participação dos municípios na Plenária Estadual, que superou todas as expectativas. ?Os municípios estão com novas gestões e a plenária repleta mostra o interesse dos novos gestores pela saúde. Cada gestor deve levar a implantação do SUS cada vez mais longe?, afirmou.

Gilberto Martin destacou ainda que o SUS é o grande sistema de saúde e a principal forma de garantir o direito à saúde. ?Devemos todos lutar para que o SUS se consolide. Ele está em processo de construção e precisa do esforço de todos para se fortalecer cada vez mais. Devemos também garantir cada vez mais o acesso da população ao SUS?, observou. O diretor de Sistemas de Saúde também ressaltou que no Paraná houve um salto do orçamento do Estado em saúde, passando de 4,7% no início de 2003 para 12% em 2005.

A presidente do Conselho Estadual de Saúde, Maria Goretti David Lopes, disse que a 1a Plenária Estadual aconteceu em um momento especial e ?foi um sucesso?. ?Ao fortalecermos os conselhos municipais de saúde, estamos fortalecendo o conselho estadual. Cumprimos a nossa parte e elegemos a coordenação estadual e os representantes do Estado na Plenária Nacional?, concluiu.