O prefeito de Vitória (ES), Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), um dos coordenadores do programa de governo do candidato presidencial da Grande Aliança PSDB-PMDB, José Serra, disse há pouco que a queda das pesquisas de intenções de voto no candidato da Frente Trabalhista, Ciro Gomes  se deve a dois fatores. O primeiro, no entender do prefeito, é um desgaste de Ciro em função de suas próprias contradições, apresentadas ao longo da semana na campanha pela TV. ?Ciro não pode ser, ao mesmo tempo, um candidato da direito e da esquerda?, afirmou, avaliando que Ciro, embora pregue mudanças, está apoiado por setores conservadores. 

Segundo Lucas, o segundo fator determinante da queda de Ciro é a qualidade das propostas que o candidato José Serra vem apresentado em sua campanha, as quais, segundo ele, ?têm muito mais clareza? do que as do Ciro e ?propõem muito mais mudanças?.

Vellozo Lucas comemorou o resultado da pesquisa Vox Populi afirmando: ?Vamos para o segundo turno?. Acrescentou que o PSDB manterá sua estratégia de mostrar contradições de Ciro Gomes e que Serra continuará fazendo um diagnóstico sério do Brasil e apresentando propostas.