Neste sábado (19) o Coritiba foi à Brasília e acumulou sua primeira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. No estádio Mané Garrincha, a equipe do técnico Guilherme Macuglia foi derrotada pelo Gama por 1 a 0, gol de Nunes. A derrota deixa o Alviverde com três pontos na 11ª colocação na classificação.

Jogando com dois volantes fixos, e com o setor de criação pouco inspirado por Pedro Ken e Túlio, o Alviverde encontrou dificuldades para articular as jogadas ofensivas desde o início da partida.

O Coxa teve a primeira chance de marcar aos nove minutos. Numa jogada ensaiada, Anderson Lima, cobrando falta, mandou pra área e Hugo desviou. A bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro Everton.

Dois minutos depois, a resposta do Gama foi fatal. Ralf fez grande jogada e tocou pra Nunes dentro da área. O atacante tirou o zagueiro Henrique da jogada e bateu colocado no canto direito do goleiro estreante Edson Bastos.

Após sofrer o tento, o Coritiba poderia ter empatado na seqüência, mas Henrique Dias, cara a cara com o goleiro, furou o chute.

Tentando corrigir a postura ofensiva da equipe, o técnico Guilherme Macuglia sacou o volante Careca do time para a entrada do também estreante Gustavo, ainda na primeira etapa. Com a alteração, o Alviverde passou a ter maior tempo de posse de bola, entretanto, sem a objetividade necessária para vasar a defesa da equipe de Brasília.

Enquanto o Gama levava perigo à meta de Edson Bastos, principalmente com Nunes, o Coritiba desperdiçou a chance mais clara de empatar aos 35 minutos. O volante Juninho tocou pra Hugo, que livre de marcação bateu pra fora.

No segundo tempo, a falta de consistência ofensiva e os excessivos passes errados culminaram na impotência do Coritiba em chegar ao gol de empate.

Nas poucas chances, o Alviverde foi parado nas boas defesas do goleiro Everton. Ainda aos oito minutos, numa triangulação de ataque, Anderson Lima tabelou com Pedro Ken e tocou pra Hugo, O atacante girou em cima da zaga e bateu para a boa defesa do arqueiro.

Por outro lado, mesmo com a substituição de Hugo pelo garoto Keirrison, foi o time comandado pelo técnico Roberto Cavalo quem esteve mais perto de ampliar. O camisa dez, Ésley, teve três oportunidade para balançar as redes. Foi a vez de Edson Bastos mostrar serviço.

No final, o goleiro coxa-branca ainda salvou o alviverde num chute à queima-roupa de Rodrigo Ninja.

Com a derrota, o Coritiba, que havia vencido o Paulista na primeira rodada, ocupa a 11ª posição na tabela de classificação. Já o Gama, derrotado pela Ponte Preta na largada do certame, mesmo com a vitória ocupa a 14ª colocação.

O Coritiba tenta a recuperação na próxima sexta-feira, quando encara o Ituano no interior paulista, enquanto que o Gama enfrenta o São Caetano, no sábado, no Anacleto Campanela.