O corpo da paranaense Viviane Araújo, de 31 anos, morta há uma semana pelo ex-marido, Elias Prodelik, em Newark, nos Estados Unidos, chegou nesta quinta-feira em São Paulo. A chegada em Ortigueira, a 250 quilômetros de Curitiba, na região central do Paraná, onde moram seus familiares, estava prevista para às duas horas da madrugada de amanhã. O corpo será sepultado à tarde. Prodelik matou a mulher a facadas, depois de uma discussão. Ele se entregou à polícia e está preso

O pai de Viviane, Antônio Bueno, deve viajar na próxima semana para os EUA, para tentar trazer a neta, de 3 anos, que está sob a guarda de uma amiga de sua filha. A menina assistiu à discussão e à agressão do pai contra a mãe. A família ainda não sabe qual atitude terá que tomar para conseguir trazê-la a Ortigueira, visto que a menina tem a nacionalidade norte-americana.