Foram resgatados, nesta tarde, os corpos dos três garimpeiros mortos no confronto com índios da etnia Cinta-Larga pela disputa de terras no garimpo de diamantes na região da cidade de Espigão d?Oeste, divisa do estado de Rondônia com o Mato Grosso.

A Polícia Federal sobrevoou a região, onde já haviam sido localizados os corpos e retirou-os, levando para a cidade de Pimenta Bueno, a 150km de Ji-Paraná (RO). De acordo com o superintendente da Polícia Federal em Rondônia, Marco Aurélio Moura, houve uma pequena pane no motor do helicóptero utilizado no resgate, o que impossibilitou a ida até Ji-Paraná. Os corpos foram levados de carro para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade no início da noite deste domingo.

Segundo ele, a identificação dos garimpeiros mortos será realizada por membros da família e amigos na madrugada desta segunda-feira (12). A expectativa da PF é de que os resultados da necropsia fiquem prontos em uma semana. ?Os corpos serão submetidos à necropsia para tentar descobrir as verdadeiras causas das mortes. Não há como tirar conclusões antes da análise do legista?, disse o superintendente.