A comissão de sindicância aberta pela Corregedoria da Câmara para apurar as denúncias do suposto esquema de pagamento de mesada a parlamentares para que votassem favoravelmente em projetos de interesse do governo toma hoje (3) mais três depoimentos.

Serão ouvidos o tesoureiro licenciado do PT, Delúbio Soares, o ex-secretário-geral do partido Silvio Pereira e o secretário licenciado de Comunicação da legenda, Marcelo Sereno. Os depoimentos começam às 10 horas, na sala de reuniões do Espaço Cultural da Câmara.